sexta-feira, 10 de setembro de 2010

OS SUBSISTEMAS DA ARH

OS SUBSISTEMAS DA ARH

A administração de Recursos Humanos (ARH) deve ser abordada como um sistema integrado. Nessa abordagem sistêmica, a ARH é um sistema composto de cinco subsistemas, a saber:

OS CINCO SUBSISTEMAS BÁSICOS NA ARH
SUBSISTEMA: Provisão,
OBJETIVO: Quem irá trabalhar na organização,
ATIVIDADES ENVOLVIDAS: Pesquisas de mercado de RH, recrutamento de pessoas, seleção de pessoas;
SUBSISTEMA: Aplicação,
OBJETIVO: O que as pessoas farão na organização,
ATIVIDADES ENVOLVIDAS: Integração de pessoas, desenho de cargos, descrição e análise de cargos, avaliação de desempenho;
SUBSISTEMA: Manutenção,
OBJETIVO: Como manter as pessoas na organização,
ATIVIDADES ENVOLVIDAS: Remuneração e composição, benefícios e serviços sociais, higiene e segurança do trabalho, relações sindicais;
SUBSISTEMA: Desenvolvimento,
OBJETIVO: Como preparar e desenvolver pessoas,
ATIVIDADES ENVOLVIDAS: Treinamento, desenvolvimento organizacional;
SUBISTEMA: Monitoramento,
OBJETIVO: Como saber o que são e o que fazem as pessoas,
ATIVIDADES ENVOLVIDAS: Banco de dados, sistemas de informação, balanço social.
BASES DA POLÍTICA DE RECURSOS HUMANOS:

PROVISÃO DE RECURSOS HUMANOS
Pesquisa de recursos humanos: Pesquisa de mercado de recursos humanos – pesquisa e análise do mercado de recursos humanos;
Recrutamento: Como recrutar (técnicas de recrutamento), prioridade do recrutamento interno sobre o externo;
 Seleção: Critérios de seleção e padrão de qualidade, grau de descentralização das decisões acerca da seleção de pessoal, técnicas de seleção;
Integração: Planos e mecanismos (centralizados e descentralizados) de integração de novos participantes no ambiente interno da organização.
APLICAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
Análise e descrição de cargos: Determinação dos requisitos básicos da força de trabalho (requisitos intelectuais, físicos, responsabilidades envolvidas e condições de trabalho) para o desempenho do papel;
Planejamento e alocação de recursos humanos: Determinação da qualidade de recursos humanos necessária e alocação desses recursos em termos de posicionamento em cargos dentro da organização;
Plano de carreiras: Determinação da seqüência ótima das carreiras, definindo as alternativas de oportunidades possíveis dentro da organização;
Avaliação do desempenho: Planos e sistemáticas para a contínua avaliação da quantidade e adequação dos recursos humanos.
MANUTENÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
Administração de salários: Avaliação e classificação de cargos visando ao equilíbrio salarial interno, pesquisas salariais visando ao equilíbrio salarial interno, política salarial;
Plano de benefícios sociais: Planos e sistemáticas de benefícios sociais adequados a diversidade de necessidades dos participantes da organização;
Higiene e segurança do trabalho: Critérios de criação e desenvolvimento das condições físicas ambientais de higiene e segurança que envolve os cargos;
Relações sindicais: Critérios e normas de procedimentos sobre relações com empregados e com sindicatos.
DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS
Treinamento: Diagnóstico e programação da preparação e reciclagem constante dos recursos humanos para o desempenho dos cargos;
Desenvolvimento de recursos humanos: Aprimoramento a médio prazos dos recursos humanos disponíveis, visando a contínua realização do potencial existente em posições mais elevadas na organização;
Desenvolvimento organizacional: Aplicação de estratégias de mudanças visando a saúde e excelência organizacional;
MONITORAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
Banco de dados: Registro e controles para a devida análise quantitativa e quantitativa dos recursos humanos disponíveis;
Sistemas de informação: Meios e veículos de informação adequados as decisões sobre recursos humanos;
Auditoria de recursos humanos: Critérios de avaliação e adequação permanentes das políticas e dos procedimentos de recursos humanos.

FONTE: Livro planejamento, recrutamento e seleção de pessoal (Idalberto Chiaveneto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário